Loading

Novidades

Aprendiz
Aprendiz

Talvez encontrar-te nos olhos MortosDe alguémOu mesmo nos olhosTortosDe algunsDos que me rodeiam sem rumo E sem esperança.Talvez na esperança de outros tantos que sobrevivemE vivem amores eternosE ternos amares.Encontrar-te nos ternosOlhos De uma mulher Amada,Ou no peitoAmadoDe algumaMulher,Qualquer uma, duas,Mil e uma,Duas mil E umas. Talvez na dor de um amor perdidoOu no feliz encontro de um...

Ler mais
Um andarilho perdido no tempo
Um andarilho perdido no tempo

Trinta e tantos e eternos anos se passaram. Um grande abismo se colocou entre um ser homem e outro, poeta - o mesmo, porém. Atravessei uma espécie de túnel, quase que infindo, em completa escuridão. A luz se fez ausente, fugiu, dia após dia, desesperada, e a morte de um poeta foi o sentimento que mais me afligiu. Jejum de felicidade. Hoje a retomo, retorno à vida. Revivo, embriagado de juv...

Ler mais